Lombinho de Porco

Foi-se o tempo em que acreditava-se que a carne de porco era prejudicial a saúde. Dois dos principais motivos que aumentavam a suspeita de comer o porquinho eram a forma como o animal era criado e o alto percentual de gordura que a carne possuía. Para culminar, ainda veio a onda da gripe suína. O pobre do porquinho virou o vilão.

O que muitos não sabem é que as condições de criação dos animais melhorou muito. As regras da Vigilância Sanitária obrigaram os criadores a se adequar. Uma maior seleção nos cruzamentos também contribuiu para gerar novos porquinhos, agora mais “magros”. Ou melhor, menos gordos. Hehehe. O fator positivo é que a carne de porco possui maior quantidade de gordura boa do que ruim. E o nível de colesterol que a carne suína possui é semelhante hoje a bovinos e aves. O camarão, tem mais colesterol que a carne de porco, sabia? Ou seja, dá para comer carne de porco com menos culpa. Certo? Então delicie-se com a receita que preparei para essa semana.

Ingredientes: Lombinho de porco (cortado em filés), 1 cebola cortada em rodelas,  batata, chuchu e cenoura (em pedacinhos), sal, pimenta, açúcar mascavo e vinho branco.

Modo de Preparo: Refogue a cebola, deixe “chorar” bem e acrescente uma colher de chá de açúcar mascavo.  Coloque os pedaços de porco para grelhar. Depois de dourar, adicione o vinho branco. Deixe reduzir um pouco e então está pronto.

Modo de Preparo dos legumes: Cozinhe os legumes na água e sal ou no vapor.

Serviço: Monte o prato como a sua imaginação desejar.

Fonte: Sadia